terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Onde eu fico nessa história?

  
   Você é apenas mais um produto da sociedade. Daqueles que as propagandas induzem e que as novelas apoiam...  E você cai na deles como um(a) patinho(a). Você não é o que quer ser. Não é mesmo. Você é o que os outros querem que você seja; e, na maioria das vezes, eles querem que você seja só mais um daqueles consumidores capitalistas compulsivos, que trocam de celular todo ano só porque apareceu um novo modelo ou que compram calças coloridas porque todo mundo tem igual. – Pare para pensar - Sabe aquele último refrigerante que você bebeu? Você por acaso já parou para pensar o que tem naquele líquido repleto de gás? (O fato é: se a coca-cola quisesse matar o mundo, só precisavam envenenar as latinhas e pronto.) Por que você bebe aquilo se não sabe nem o que tem lá dentro? Porque todo mundo bebe, não é? E por que você bebeu isso pela primeira vez? Porque te disseram que era bom?!... “ah, toma aí, é gostoso” ou algo assim. (Isso serve para qualquer tipo de comida ou/e bebida).

   Onde eu fico nessa história? Minhas vontades? Minhas vontades verdadeiras? Aquelas que nem eu mesma saiba que existam? Aquelas que estão maquiadas, escondidas e enterradas? Onde eu fico nesse mundo de consumo e dinheiro fácil? Nesse mundo em que derrubar árvores para construir mais avenidas para cidades entupidas de carros é um progresso, uma evolução? Qual é a evolução de se dedicarem e gastarem rios de dinheiros construindo carros modernos - carros que daqui a pouco acho que voarão e que causarão centenas nuvens de fumaças – sendo que milhares de pessoas uma hora dessas não têm o que comer? Qual a evolução? Falem-me, porque eu não vejo nenhuma.
   Talvez o mundo acabe com as insistentes tentativas do homem de descobrirem respostas para tudo. Eu acho que existem coisas que não se precisa entender, coisas que não precisam de um porquê. Elas apenas existem, e fim. Se Deus quisesse que você voasse ele teria te dado asas; pelo menos eu penso assim.
PS: Eu devo os créditos da maioria dos exemplos desse texto a minha professora de história. Ela que começou com esse debate hoje na aula. Cinquenta minutos falando disso e eu posso confessar que pensei muito depois da aula nesse assunto. Fiquei com medo de tomar refrigerante, hahahah. Mas, por favor, não deixem de comer por causa disso, só fiquem cientes do que comem. Ah, e o principal, não sejam como todo mundo, não deixem te rotularem, por favor.

9 comentários:

  1. HUMMM ..
    créditos então à sua professora e à vc obvimante por ter aproveitado de forma tão lúcida suas idéias á ponto de fazer tais questionamentos..

    Realmente precisamos reavaliar nossos valores e conceitos, isto se faz urgente ..

    beijo doce menina.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS... não há mais o que dizer,além de parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pequena, importantissimo esse post, temos que reavaliar tudo o qe nos cerca, muito interessante sua professora fazer tal debate.

    Estou aqui a pensar sobre..

    Linda tarde pra ti.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Gosto de debates desse tipo, e sabe? Muitas vezes é bem melhor não sabermos as respostas, porque sabendo delas acabando deixando a força de vontade de lado.

    Gostei bastante do post :)

    ResponderExcluir
  5. Oiiiee! Qto tempo né? Mas to aqui dnovo!
    Olha, tem selo pra vc lá, se quiser:

    http://lmaroubo.blogspot.com/p/selos-que-ganhei.html

    Todos os selos eu indico a todos os meus amigos e amigas que sempre me visitam e me deixam recadinhos deliciosos, carinhosos e simpaticos.

    pode pegar e postar, e indicar pra quem quiser.

    Sei que fugí de umas regrinhas, mas é que sao tantos parecidos...

    Entao fica facil eu distribuir (pelo menos estes) assim.

    Beeijoocas
    e OBRIGADA PELO SEU CARINHO!

    ;***

    ResponderExcluir
  6. Olá Luana, como vai?

    Concordo com vc, mas quer saber? Acho que vc não tem que se perguntar onde é que vc fica, já esta no melhor lugar, vc não precisa acompanhar estas pessoas vazias. Imagina que neste mundo existam um porre de gente como vc! Que bom né?


    Belo texto, ótima reflexão

    Um Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Uau, amei o texto. Poucos são os blogs que vejo que falam de temas assim, adorei.
    Tu escreve muito bem.

    ResponderExcluir
  8. Ah, Lú, super interessante esse teu texto. Acho que cada um tem uma essência única e diferente dos demais, e isso influencia, é claro, nas suas decisões. Ou deve influenciar. Porque o que vemos são pessoas influenciando outras. Talvez se cada um de nós nos poupássemos de tanta manipulação, o mundo (concerteza)fosse outro, bem melhor!

    Adorei o tema.

    Tentei te indicar alguns selos nesta semana, mas não conseguia deixar comentários em teus textos :/ mas não te preocupes, eu me lembrei de você e foi de coração. Espero que não falte oportunidades!

    Beijos **

    ResponderExcluir
  9. Já tentei escrever um texto com esse tema e não deu muito certo... parei na parte em que começei a falar sobre aliens. Ah, o blog ficou magnífico! Beijo, querida.

    ResponderExcluir